Prefeitura embarga obra que gerou cratera no Guarujá

Decisão foi tomada ontem, após dois carros que estavam parados em rua no bairro Astúrias serem engolidos pelo buraco; ninguém se feriu

Priscila Trindade, Central de Notícias

03 Janeiro 2011 | 13h23

SÃO PAULO - A Prefeitura do Guarujá (SP) embargou a obra que causou a abertura de uma cratera no final da noite de sábado, 1º, em uma rua da cidade. A decisão foi tomada ontem, após dois carros que estavam parados na rua serem engolidos pelo buraco. Ninguém ficou ferido.

A construção do edifício na Rua Nelson Cajado, no bairro Astúrias, só poderá ser retomada após a empresa responsável apresentar um projeto de recuperação da área. A chuva que atingiu o município deixou o solo mais úmido, o que contribuiu para que a terra cedesse.

Mais conteúdo sobre:
Guarujá obra embargo SP prefeitura

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.