Prefeitura deveria ter fechado abrigo há sete anos

Além dos barracos, o incêndio na Favela Real Parque destruiu um alojamento da Prefeitura que abrigava 64 famílias desde 2002. Construído em caráter temporário, o abrigo deveria ter funcionado somente até 2003, mas não foi desativado. A Secretaria de Habitação informou que a Prefeitura enfrentou "dificuldades com as lideranças para retirar a população do local, que é considerado de risco".

Paulo Saldaña, Vitor Hugo Brandalise e Ana Bizzotto, O Estado de S.Paulo

25 Setembro 2010 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.