Prefeitura define gerente para as grandes avenidas de São Paulo

Grupo irá cuidar dos serviços de limpeza e varrição de 37 vias da capital

estadão.com.br,

29 de agosto de 2011 | 09h33

SÃO PAULO - A Secretaria de Coordenação das Subprefeituras definiu a criação de um grupo específico para cuidar dos serviços de limpeza e varrição de 37 grandes avenidas e ruas de São Paulo.

 

O engenheiro Cássio Freire Loschiavo, ex-subprefeito da Penha, foi escolhido como supervisor da Gerência de Serviços Indivisíveis. O projeto terá o apoio de 482 pessoas, divididas em 145 equipes, para os cuidados nas vias de maior fluxo de automóveis na cidade.

 

Entre os serviços que serão coordenados pelo grupo estão raspagem e retirada de terra, areia e materiais sólidos depositados nas vias por ventos ou chuvas; limpeza de bueiros, bocas de lobo, galerias pluviais e tanques de enchentes; capinação e irrigação; e remoção de animais mortos abandonados.

 

São cerca de 300 km de vias (incluindo os dois lados de pistas), nos eixos viários Norte-Sul, Leste-Oeste (avenidas 23 de Maio e Radial Leste, por exemplo) e nas marginais do Pinheiros e do Tietê, além do Minianel Viário.

 

O novo gerente deverá planejar e emitir ordens de execução de serviços e auxiliar Secretarias da Prefeitura a fiscalizar contratos com as empresas terceirizadas que realizam os serviços de zeladoria nas áreas. Anteriormente, a função era descentralizada em cada Subprefeitura responsável pelas ruas, avenidas, pontes e viadutos. A Avenida Paulista foi a primeira de São Paulo a ter um "gerente". O cargo foi criado em 2008 e funcionou somente até outubro de 2009.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.