Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
Werther Santana/Estadão
Werther Santana/Estadão

Prefeitura de SP mantém rodízio de veículos no fim de ano e em janeiro

Restrição será válida para todos os dias úteis; veículos ficam impedidos de circular no centro expandido, incluindo vias que delimitam o chamado 'mini anel viário'

Redação, O Estado de S.Paulo

11 de dezembro de 2020 | 14h45

A Prefeitura de São Paulo divulgou nesta sexta-feira, 11, que manterá a realização do rodízio municipal de veículos nos dias úteis, de segunda a sexta-feira (exceto nos feriados), durante todo o mês de dezembro e em janeiro. As demais restrições para veículos pesados e afins também seguirão em operação.

O comunicado da gestão municipal não especifica se a decisão foi motivada pelo aumento das taxas da covid-19 no Estado. Em anos anteriores, o rodízio foi suspenso na cidade entre o fim de dezembro e o início de janeiro.

Durante o rodízio, os veículos ficam impedidos de circular no centro expandido, incluindo as vias que delimitam o chamado “mini anel viário”, formado pelas marginais Tietê e Pinheiros, avenidas dos Bandeirantes e Afonso D’Esccragnole Taunay, complexo viário Maria Maluf, avenidas Tancredo Neves e Juntas Provisórias, viaduto Grande São Paulo e avenidas Professor Luís Inácio de Anhaia Melo e Salim Farah Maluf. 

“Transitar em locais e horários não permitidos pela regulamentação prevista no Código de Trânsito Brasileiro implica em infração de trânsito de nível médio, resultando em multa no valor de R$ 130,16 e acréscimo de 4 (quatro) pontos no prontuário do motorista”, destaca comunicado da Prefeitura.

Tudo o que sabemos sobre:
rodízio de carrosmobilidade urbana

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.