Filipe Araújo/Estadão
Filipe Araújo/Estadão

Prefeitura de SP libera táxis em corredores e faixas de ônibus

Medida vale para todos os horários e mesmo que carro esteja sem passageiros; é uma forma de 'compensar' permissão da Uber

Bruno Ribeiro, O Estado de S.Paulo

10 Maio 2016 | 13h40

SÃO PAULO - Em um gesto de afago aos taxistas, radicalmente contrários à liberação da Uber, a Prefeitura de São Paulo liberou os táxis da cidade a rodarem em qualquer horário, mesmo sem passageiro, nas faixas exclusivas de ônibus. E também poderão voltar a rodar nos corrredores à direita, com passageiro, o que não podiam desde 2015. 

 A medida é uma forma de "compensação" à liberação do Uber. A lógica é que, se for mais caro, o serviço de táxi ao menos oferecerá ao passageiro o benefício de ter uma viagem mais rápida.

A proibição dos táxis nesses locais estava vigente desde que questionamentos foram feitos pelo Ministério Público Estadual (MPE) e após estudos da própria Prefeitura mostrarem que, nos corredores, os táxis acabavam tornando o tempo de viagem nos ônibus mais longo.

A gestão do prefeito Fernando Haddad (PT) não esclareceu o que mudou de lá para cá para que os táxis não atrapalhem mais o tempo de viagem nos coletivos.  

Mais conteúdo sobre:
SÃO PAULO Uber Prefeitura de São Paulo PT

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.