Prefeitura de SP contratará 1.777 profissionais de saúde

O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, autorizou a contratação emergencial de 684 médicos, 220 enfermeiros, 573 auxiliares de enfermagem e 300 técnicos de saúde de farmácia. O despacho do prefeito foi publicado hoje no Diário Oficial da Cidade. Segundo a assessoria de imprensa da prefeitura de São Paulo, esses 1.777 profissionais, que serão contratados mediante processo seletivo, vão repor o quadro de pessoal das unidades de saúde que compõem os serviços de Atenção Básica.   As vagas serão distribuídas nas cinco Coordenadorias Regionais de Saúde, nas 53 bases do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e no Hospital Municipal Dr. Mário de Moraes Altenfender - Cachoeirinha. A autorização do prefeito está condicionada à adoção imediata, pela Secretaria Municipal de Saúde, das medidas necessárias à agilização dos procedimentos para abertura de concurso público e criação de novos cargos necessários à adequação da necessidade de pessoal da Pasta.

RODRIGO PETRY, Agencia Estado

07 de setembro de 2007 | 16h39

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.