Werther Santana/AE - 30/9/2011
Werther Santana/AE - 30/9/2011

Prefeitura de São Paulo recorre para interditar o Shopping Center Norte

Petição aborda a gravidade da contaminação de gás metano do terreno onde foi construído

Priscila Trindade, estadão.com.br

03 de outubro de 2011 | 19h34

SÃO PAULO - A Procuradoria Geral do Município (PGM) apresentou, na tarde desta segunda-feira, 3, petição na 7ª Vara da Fazenda Pública de São Paulo para que seja reconsiderada a decisão de manter o Shopping Center Norte funcionando devido a gravidade da contaminação ambiental.

O shopping entrou na lista de Áreas Contaminadas Críticas da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Cetesb) por causa da existência do gás metano no terreno.

Na última quinta-feira, 29, o juiz Emílio Migliano Neto concedeu liminar para manter o Center Norte aberto. O local seria fechado na sexta-feira, 30, por determinação da prefeitura.

Na quarta-feira, 28, o shopping firmou um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Ministério Público, se comprometendo a instalar drenos de gás para evitar o risco de explosões.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.