Reuters
Reuters

Prefeitura de São Paulo amplia prazo para que alunos da rede municipal peçam cartão alimentação

O benefício pode ser obtido por todos os estudantes, com valores que dependem do período escolar

Redação, O Estado de S.Paulo

31 de agosto de 2020 | 16h29

A Prefeitura de São Paulo estendeu por mais dez dias o prazo para que as famílias de alunos da rede municipal peçam o cartão alimentação do programa Merenda em Casa, criado para que os alunos possam comer enquanto as escolas estiverem fechadas por causa da pandemia.

O benefício pode ser obtido por todos os estudantes, com valores que dependem do período escolar, e vão de R$ 55 a R$ 101. A reabertura das inscrições foi feita porque a Secretaria de Educação analisou que 30% dos alunos ficaram de fora, e muitos que não tinham direito solicitaram.

Para se inscrever, é necessário fazer o cadastro pelo site da Secretaria Municipal da Educação. A Prefeitura começou a entregar novos cartões na semana passada e pelo menos 600 mil famílias já receberam.

Tudo o que sabemos sobre:
merenda escolar

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.