Prefeitura convoca empresas suspeitas de sonegação

A Prefeitura de São Paulo divulgou ontem que começou a notificar as empresas citadas no escândalo do Imposto Sobre Serviços (ISS) para comprovar a legalidade dos descontos que obtiveram no cálculo do imposto. As empresas terão de mostrar as notas fiscais que teriam sido apresentadas aos fiscais acusados de cobrar propina para dar os descontos. Com as notas, "é possível aferir se o valor arrecadado de fato foi condizente com o que é realmente devido por empreendimento", disse a nota da Prefeitura.

O Estado de S.Paulo

16 Novembro 2013 | 02h07

A reportagem apurou que serão notificadas, inicialmente, as incorporadoras Alimonti, BKO, Brookfield, Tarjab, Trisul e Tecnisa. Elas já foram citadas como integrantes do esquema por fiscais que aceitaram a delação premiada. As empresas negam participação no esquema, exceto a Brookfield, que colabora com o Ministério Público Estadual.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.