Prefeitura atualiza para 14 número de feridos em explosão em São Bernardo

Informação inicial era de nove feridos; até a noite desta segunda, nenhum representante da academia Tem Esportes havia se apresentado à Polícia

O Estado de S. Paulo

19 Maio 2014 | 19h19

A Prefeitura de São Bernardo do Campo atualizou para 14 o número de pessoas que se feriram na explosão em uma academia no bairro Pauliceia, no sábado, 17. Até domingo, a contagem oficial era de nove feridos.

Segundo a Prefeitura, um homem foi inicialmente atendido no local pelo Serviço de Atendimento Móvel (Samu) e depois foi sozinho a um hospital particular. Outras três pessoas que tiveram ferimentos decidiram ir por conta própria a hospitais de sua preferência.

A administração municipal havia dito que, dos nove atendidos pelo Samu, seis tinham sido levados ao Hospital Anchieta. Na verdade, foram cinco.

Até as 19h desta segunda-feira, 19, cinco pessoas permaneciam internadas. Karen Tetsuko Rosa, que teve fratura exposta no joelho, estava no Hospital IFOR; Leandro Souza Ribeiro, que teve fratura no fêmur esquerdo, continuava no Hospital das Clínicas; e três pessoas da mesma família - a mulher, o marido e o filho de dois anos - permaneciam no Hospital Brasil, em Santo André.

Investigação. O 5° Distrito Policial de São Bernardo do Campo está investigando as causas do acidente. Nesta segunda-feira foram ouvidas pelo menos sete pessoas que presenciaram o acidente. Até as 19h, nenhum representante da academia Tem Esportes havia se apresentado no local.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.