Prefeitura apreende 12 mil produtos ilegais no Shopping 25 de Março

Durante a operação, que vistoriou 26 lojas, um estrangeiro foi encaminhado à Polícia Federal e pode ser expulso do País

20 de janeiro de 2012 | 09h07

Mais de 12 mil produtos ilegais foram apreendidos nesta quinta-feira, 19, no Shopping 25 de Março, na região central de São Paulo. A operação foi realizada pelo Gabinete de Segurança e pela Secretaria Municipal de Segurança Urbana.

Foram vistoriadas 26 lojas. Os produtos apreendidos - relógios, vestuários, eletrônicos, bolsas e tênis, entre outrs - eram falsificados ou vendidos de forma ilegal.

Uma pessoa foi conduzida ao 8º Distrito Policial, acusada de corrupção ativa. Um estrangeiro foi encaminhado à Polícia Federal por problemas na documentação e pode ser expulso do país. Outras 21 responderão a inquérito e poderão ser indiciados pelo Departamento de Investigação Sobre o Crime Organizado (Deic).

A Subprefeitura da Sé está analisando os documentos e os relatórios de fiscalização e poderá determinar a lacração das lojas além de aplicar multas previstas na legislação.

Tudo o que sabemos sobre:
pirataria, 25 de março

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.