Prefeitura aplica 85 multas por uso de pipas com cerol em Sorocaba

Cada autuação tem o valor de R$ 1.216,71 e foi encaminhada para pais ou responsáveis pelos menores

Priscila Trindade, estadão.com.br

28 Julho 2011 | 09h28

SÃO PAULO - A Prefeitura de Sorocaba, no interior de São Paulo, multou 85 pessoas por uso de cerol em pipas no período das férias escolares, do início do mês de junho até a última terça-feira.

 

Cada autuação - no valor de R$ 1.216,71 - foi encaminhada para pais ou responsáveis por crianças e jovens que foram flagradas utilizando o material proibido. A operação foi realizada pela Secretaria de Segurança Comunitária (Sesco).

 

Em uma das abordagens, num bairro da zona norte do município, a equipe de fiscalização encontrou um jovem que utilizava a linha preparada com pó de metal. O material mais cortante que o próprio cerol é conhecido como linha chilena.

 

Também foram apreendidas 160 pipas com linha cortante, 153 latas de cerol e 13 recipientes com cola e vidro moído. Vários estabelecimentos comerciais, principalmente papelarias, foram vistoriados no mesmo período, mas em nenhum deles foi constatada a venda de produtos destinados à produção do cerol. No total, a fiscalização percorreu 47 bairros.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.