Valéria Gonçalvez/AE
Valéria Gonçalvez/AE

Prefeitura abre votação para o 'Melhor Pastel de Feira de SP'

Votação popular acontece até 17 de julho; final é em agosto

estadão.com.br,

06 Julho 2011 | 09h30

SÃO PAULO - A Secretaria de Coordenação das Subprefeituras abre nesta quarta-feira, 6, a votação para eleição do "Melhor Pastel de Feira de São Paulo". A votação ocorre até o dia 17 de julho. A novidade deste ano é que o voto pode ser realizado pela internet no site.

 

Mais de 800 feiras estão participando do concurso que distribuirá R$ 11 mil em prêmios aos três primeiros colocados. O primeiro lugar receberá R$ 8 mil, o segundo colocado ficará com R$ 2 mil e o terceiro R$ 1 mil. A final acontecerá na Praça Charles Miller, em agosto.

 

O concurso tem três etapas: Votação Popular; Júri Secreto e Final, com voto de chefs de cozinha, jornalistas, críticos de gastronomia, entre outros. Durante a fase de votação popular os consumidores darão notas para a barraca e poderão experimentar todos os sabores. Na grande final, apenas o pastel de carne será analisado.

 

Os critérios que serão avaliados durante a fase de Votação Popular, em relação ao pastel, são o recheio e a massa, além do sabor. Em relação à barraca será avaliado o atendimento, a higiene das instalações e os manipuladores, se usam uniforme e luvas, e como manipulam o dinheiro. A higiene dos molhos receberá atenção especial e devem vir em embalagens individuais.

 

Os 50 melhores definidos pelas notas populares serão visitados pelos juízes à paisana, que farão visitas surpresas para testar a qualidade do alimento, a higiene da barraca e o bom atendimento. O feirante que comprovar que faz uma destinação correta do óleo de fritura ganha bônus na nota.

 

Além da premiação em dinheiro, os melhores colocados de cada região também ganharão placas de apresentação e certificados, além de terem o direito a comercializar pastéis na Virada Cultural.

 

Mais informações podem ser obtidas na Supervisão Geral de Abastecimento, telefone: (11) 3313-2444 - Ramal 232 ou no Sindicato dos Feirantes, telefone: (11) 3227-4555.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.