Prefeito se desculpa por ofender paraenses

O prefeito de Manaus, Amazonino Mendes (PTB), afirmou ontem que estava "nervoso" quando disse "então está explicado" a uma moradora de área de risco que disse ser do Pará. "Se, porventura, isso resultou no entendimento negativo contra o Estado do Pará, eu peço desculpas porque não foi essa a intenção." Naquele dia, o prefeito disse ainda "então morra" quando Maria Laudenice de Paiva, de 37 anos, afirmou que não tinha lugar para ir. Ela disse ontem ao Estado que ninguém da prefeitura pediu desculpas. "Ele não se importa em ter ofendido uma zé-ninguém." O vereador Joaquim Lucena (PSB) entrou com um pedido de impeachment contra o prefeito.

, O Estado de S.Paulo

26 Fevereiro 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.