Prefeito de Restinga, interior de São Paulo, morre em acidente

Clarindo Ferracioli e o funcionário público Cesar Cordeiro capotaram com o carro na altura do km 17 da Rodovia João Traficante, estrada vicinal de Franca

Julia Baptista, estadão.com.br

12 de outubro de 2010 | 19h51

SÃO PAULO - O prefeito de Restinga, Clarindo Ferracioli, cidade localizada a 415 quilômetros de São Paulo, morreu em um acidente na noite desta segunda-feira, 11, na Rodovia João Traficante, estrada vicinal de Franca.

 

O carro em que ele e o funcionário público Cesar Cordeiro estavam capotou na altura do quilômetro 17. Os dois chegaram a ser levados para a Santa Casa de Franca, mas não resistiram aos ferimentos.

 

O velório do prefeito está sendo realizado no Ginásio Municipal de Restinga e o enterro será na manhã desta quarta-feira, 13, no Cemitério da cidade, segundo o Corpo de Bombeiros.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.