Prefeita vai a Brasília para tentar impedir saída de 1,2 mil famílias da Serra do Mar

A prefeitura de Cubatão recorreu ao Ministério do Meio Ambiente e ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) para impedir o fim do bairro da Água Fria, que fica dentro do Parque Estadual da Serra do Mar. Um decreto estadual criou um Jardim Botânico de aproximadamente 2,6 milhões m² e cerca de 1,2 mil famílias devem sair.Anteontem, a prefeita de Cubatão, Márcia Rosa (PT), foi à Brasília protocolar ofício no qual acusa o Estado de devastar cerca de 2 mil m² na serra. O governo do Estado diz que não há devastação, mas uma obra de saneamento para as 2.410 famílias que continuarão em bairros fora do Parque. Márcia quer que a Água Fria também fique.

, O Estado de S.Paulo

30 de outubro de 2010 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.