Preços das taxas serão reajustados na sexta-feira

O Departamento de Estado americano vai reajustar as taxas cobradas para emissão de vistos de entrada nos Estados Unidos a partir de sexta-feira. Taxas para turista passarão de US$ 140 para US$ 160. Mas pedidos encaminhados até quinta não sofrerão alteração de preço, mesmo que a entrevista seja em data posterior.

O Estado de S.Paulo

10 Abril 2012 | 03h04

As taxas de não imigrantes, que atualmente vão de US$ 14 a US$ 390, passarão a custar de US$ 15 a US$ 270. Apenas duas dessas taxas ficarão mais baratas, enquanto as outras terão preços mais elevados. Taxas cobradas para imigrantes terão, todas, redução de preços: variam de US$ 305 a US$ 720 e passarão a custar de US$ 220 a US$ 405.

O Departamento de Estado alega que os reajustes são necessários para cobrir as despesas do processamento. Os vistos emitidos pelos Estados Unidos para brasileiros cresceram 62% em março, em relação ao mesmo período do ano passado. Foram processados, ao todo, 115.269 vistos no Brasil no período, média de 3.718 por dia.

Só o consulado de São Paulo foi responsável por 48% dessas emissões. No Estado, a espera atualmente é de 35 dias para obter o documento - em Brasília e no Rio, a fila é de uma semana. O Rio, em compensação, foi o consulado que registrou o maior crescimento de emissão de vistos em março - 103%.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.