Pré-parada: de caminhada lésbica a Gaylinhada

Uma amostra de orgulho gay ocorre hoje, a partir das 12h30, na Avenida Paulista. É a Caminhada de Lésbicas e Bissexuais, com concentração no vão livre do Masp. A manifestação seguirá até a Praça Roosevelt, onde ocorrerá um show às 17 horas.

O Estado de S.Paulo

01 Junho 2013 | 02h02

A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) vai monitorar o trânsito na região. No sentido centro, os veículos poderão utilizar como alternativas as Ruas Bela Cintra e da Consolação. Já no sentido bairro, uma opção é a Rua da Consolação.

A caminhada faz parte da programação oficial da Parada Gay. Com o objetivo de lutar contra a discriminação, a 11.ª edição do evento apresenta o tema O Estado É Laico! Construindo Direitos, Desconstruindo Preconceitos: Basta de Lesbofobia!.

No ano passado, a caminhada reuniu cerca de 300 pessoas. "É importante dar visibilidade à fragilidade das lésbicas e denunciar a cultura machista", diz Fernando Quaresma, da Associação da Parada.

'Gaylinhada'. Para quem quiser comer algo, o chef Alex Atala organiza hoje a Gaylinhada, no restaurante Dalva e Dito. Além da famosa galinhada de sábado, haverá a participação da banda Farufyno e do DJ Ad Ferreira, à meia-noite. O preço é de R$ 59 por pessoa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.