PRAZO PARA ENVIAR IDEIAS PARA SP ESTÁ NO FIM. JÁ PARTICIPOU?

Com quase 3 mil sugestões, projeto Que SP VC Quer? chega à fase final

O Estado de S.Paulo

14 Janeiro 2013 | 02h03

Você já mandou sua ideia para melhorar São Paulo? Em três semanas no ar, o projeto Que SP VC Quer? já recebeu quase 3 mil propostas. E amanhã é o último dia para a sua sugestão poder ser selecionada para o caderno especial de aniversário dos 459 anos da capital paulista, que será publicado pelo Estado em 25 de janeiro.

Embora o prazo final para enviar suas ideias para o projeto seja exatamente o dia 25 de janeiro, só as enviadas até as 23h59 do dia 15 terão chance de ser avaliadas pelo público e pelo júri de especialistas.

Para participar, basta entrar no site www.quesaopaulovocequer.com.br, ou acessá-lo pelo portal www.estadao.com.br. Além de escrever sua sugestão, lá é possível conferir o que pensam paulistanos famosos e anônimos e dar nota de uma a cinco estrelas para as propostas que eles fizeram. As ideias mais bem avaliadas pelo público serão distribuídas por categorias, como mobilidade, poluição, saúde, cultura e lazer, e enviadas a um júri de especialistas, que definirá as vencedoras por grupo.

Parceria do Estado com o Ibope Conecta, o projeto Que SP Você Quer? tem o apoio de instituições como a Rede Nossa São Paulo, a seção paulista da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-SP) e a Academia Paulista de Letras (APL).

Votação. Os temas mais abordados até agora pelos leitores e internautas tratam de mobilidade urbana, principalmente metrô e bicicleta. Em seguida estão sugestões para despoluição e revitalização do Rio Tietê. Mas é possível sugerir propostas sobre qualquer assunto envolvendo a cidade: de uma nova área de lazer para seu bairro até uma proposta inédita de urbanismo para recuperar áreas abandonadas.

É importante que, além de propor e avaliar ideias, o participante preencha um rápido cadastro e escreva seu e-mail para que possa ser contatado caso seu projeto seja um dos selecionados pelo público e pelos jurados.

Além de descobrir as prioridades dos paulistanos, o objetivo do projeto é contribuir com um banco de ideias que poderá ser usado por gestores públicos e pela sociedade civil no ano em que, além de ter um novo prefeito, a cidade deve atualizar seu Plano de Metas e os 55 vereadores recém-empossados terão de discutir um novo Plano Diretor para a cidade.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.