Praias lotam; SP tem tarde mais quente do inverno

Com máxima de 30,9°C, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a tarde de ontem foi a mais quente do inverno. A previsão é de que o tempo continue quente e seco até amanhã.

O Estado de S.Paulo

08 de setembro de 2012 | 03h08

No litoral norte, milhares de turistas lotaram as praias. Segundo estimativas das prefeituras, ao menos 300 mil turistas estão na região. Todos os hotéis e pousadas estão lotados. Em Caraguatatuba, encontrar um lugar na areia era difícil para quem chegou após as 11h. "Achei um lugar que deu só para esticar a toalha", disse a promotora de eventos Bárbara Santiago, de 41 anos. Os visitantes enfrentaram filas em supermercados, padarias e postos de combustível.

Em Ilhabela, que deve receber 72 mil turistas, as Praias do Curral e dos Castelhanos foram as mais procuradas. A fila dupla de carros para embarcar nas cinco balsas chegou a 1,5 km na noite de quinta-feira e prosseguiu ontem de madrugada.

Várias ocorrências policiais foram registradas desde a noite de quinta-feira. A maioria relacionada a som alto em residências e em carros. Em Caraguatatuba, um idoso foi agredido na tarde de ontem por vários rapazes por reclamar do som alto. Às 15h30, um grupo de turistas foi assaltado no Sertão da Quina, em Ubatuba. A dupla levou objetos pessoais e um Honda City.

No litoral sul, o turista enfrentou lentidão na orla de Santos. O trecho entre os canais 5 e 6 estava interditado para o desfile do 7 de Setembro. No Guarujá e na Praia Grande, havia filas nas balsas e trânsito intenso para circular pelas cidades, / REGINALDO PUPO e ZULEIDE DE BARROS, ESPECIAIS PARA O ESTADO

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.