Praia Grande terá SOS para casos de afogamento

A Praia Grande ganhou ontem o 1.º Centro de Reanimação de Afogados (CRA). O novo equipamento está instalado entre o Posto de Salvamentos do Corpo de Bombeiros, na areia da praia, e a base do Grupamento Aéreo. Das 80 mortes registradas nas praias do Estado no ano passado, metade foi no município.

O Estado de S.Paulo

08 Janeiro 2013 | 02h02

O CRA vai funcionar como um serviço especializado no atendimento dos afogados e terá um médico e um enfermeiro diariamente. Equipado com respirador mecânico e desfibrilador, além de aparelhos de monitoramento e ressuscitação, o centro funcionará das 8 às 19 horas. E será um complemento do trabalho que já vem sendo executado pelo Corpo de Bombeiros, que faz atendimento pré-hospitalar na areia.

O novo centro vai funcionar em parceria com o Grupo de Resgate e Atendimento às Urgências (Grau).

Segundo o diretor do Grau, Pedro Rozolen Júnior, a unidade atuará como uma espécie de mini-UTI, para acelerar o atendimento das vítimas. / Z.B.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.