Google Street View/Reprodução
Google Street View/Reprodução

Praça na periferia de SP é batizada de Marielle Franco

Nome é previsto em lei sancionada pelo prefeito Bruno Covas; área verde e de lazer fica no distrito Brasilândia, na zona norte de São Paulo

Redação, O Estado de S.Paulo

28 de janeiro de 2020 | 15h48

SÃO PAULO - O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), sancionou na sexta-feira, 24, a Lei 17.307/20, que batiza de Praça Marielle Franco uma área verde e de lazer da Brasilândia, distrito da zona norte da capital paulista. O espaço fica na periferia e conta com uma quadra de esportes, bancos de cimento e algumas árvores.

A homenagem faz referência à vereadora e ativista dos Direitos Humanos Marielle Franco, morta a tiros em março de 2018 junto com o motorista Anderson Gomes. A lei advém de um projeto de autoria coletiva de mais de 30 vereadores de diferentes partidos, aprovada na Câmara Municipal no ano passado. A praça fica na Rua Padre Achilles Silvestre, na altura do número 15. 

Outro projeto de lei que tramita na Câmara de São Paulo também quer oficializar o nome da vereadora em uma escadaria entre as Ruas Cristiano Viana e Cardeal Arcoverde, em Pinheiros, na zona oeste. O espaço já é popularmente chamado de Escadão Marielle Franco. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.