PPP da Saúde é adiada pela 9ª vez

A Justiça suspendeu ontem a licitação da Parceria Público-Privada (PPP) da Saúde municipal. A abertura dos envelopes com propostas das empresas seria hoje. Mas um mandado de segurança impetrado pela B2BR Informática, e concedido pela 6ª Vara da Fazenda Pública, barrou a concorrência. A empresa alega que alterações da Prefeitura no edital comprometeram a formulação da proposta. E pede novo prazo legal. A licitação se arrasta desde junho. A Prefeitura não comentou a decisão./ FELIPE FRAZÃO

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.