Luis Blanco/Governo SP
Luis Blanco/Governo SP

Poupatempo: serviços disponíveis, quais unidades reabrem e como fazer agendamento

Atendimento presencial terá distanciamento social e protocolos sanitários para evitar contaminação pelo novo coronavírus

Redação, O Estado de S.Paulo

19 de agosto de 2020 | 10h03

O cidadão que precisa de atendimento do Poupatempo poderá agendar serviços para as oito unidades do Estado de São Paulo que retomam suas atividades nesta quarta-feira, 19. Os agendamentos para serviços nos postos da e Itaquera (capital), São Bernardo do Campo e Mauá (Região do ABC Paulista), Mogi das Cruzes (Alto Tietê), Santos e Guarujá (Baixada Santista) e Bauru (interior) deverão ser feitos pelo portal do programa. O cronograma de reabertura será semanal e o agendamento ficará disponível sempre um dia antes da retomada.

O Poupatempo inicia a reabertura gradual dos postos para atendimentos presenciais, que estavam suspensos devido à pandemia do novo coronavírus. Com o objetivo de minimizar os riscos de transmissão e garantir a segurança da população e funcionários, serão adotadas medidas de controle de acesso, distanciamento social e protocolos sanitários.  

O retorno seguirá as diretrizes do Plano São Paulo, com flexibilização permitida apenas para cidades que estiverem nas fases laranja e amarela, e com fluxo de pessoas equivalente a 30% da capacidade de cada unidade.

O acesso às unidades será permitido para quem tiver horário agendado e a presença de acompanhantes autorizada somente em casos de crianças, idosos ou pessoas com deficiência. No lado externo dos postos, o cidadão encontrará um totem com as informações dos protocolos adotados pelo Poupatempo. O uso de máscaras de proteção será obrigatório, assim como a medição de temperatura e higienização das mãos com álcool em gel para acessar o ambiente.  

De acordo com o Governo do Estado, a manutenção do distanciamento entre as pessoas será reforçada com sinalização nos bancos de espera, marcações no chão e orientação e acompanhamento pelos funcionários. Todas as unidades terão dispensers de álcool gel em diferentes locais, para higienizar as mãos antes e depois de cada atendimento. O aumento da ventilação interna será garantido com a manutenção de portas e janelas abertas.

Outra medida é o reforço na limpeza dos postos e a utilização de equipamentos de proteção individual aos profissionais de serviços gerais. Quem estiver na linha de frente, em contato direto com o público, usará protetor facial. Para o atendimento em mesa, foram instaladas barreiras de acrílico para separar o cidadão do funcionário. Todos os equipamentos utilizados na prestação de serviços ao público serão higienizados a cada hora.

Quais serviços estarão disponíveis?

Na reabertura das unidades, a prioridade é para os serviços que exigem atendimento presencial, como a expedição de RG e a primeira emissão de CNH, pois necessitam de coleta biométrica, por exemplo. Os demais continuam mantidos de forma remota. Juntos, site e aplicativo Poupatempo Digital oferecem mais de 80 opções on-line, sem sair de casa.

Outra novidade é que, a partir da reabertura das unidades, todos os serviços antes oferecidos nos postos do Detran SP também serão realizados diretamente no Poupatempo de cada município. Os agendamentos também passam a ser realizados exclusivamente pelo portal do Poupatempo.

Sobre a CNH, se venceu após 19 de fevereiro deste ano, o prazo de validade dos documentos vencidos foi prorrogado por tempo indeterminado e o documento continua válido. Não há obrigatoriedade de renová-lo neste momento - fica a critério do motorista. É possível baixar no celular o aplicativo Carteira Digital de Trânsito e acessar a CNH digital.

Mas, se a carteira venceu antes da data, o cidadão pode renová-la de forma on-line (Renovação Simplificada). Além disso, pelo app, é possível acessar serviços digitais como Atestado de Antecedentes Criminais, serviços da CDHU, Sabesp e Educação, bem como a emissão de boletos e certidões municipais; além de novas opções exclusivas do app: Certidão de Prontuário, Consulta de Pontos, Licenciamento de veículos CRLV), IPVA 2020, acesso ao Seguro-Desemprego, Carteira de Trabalho, situação das linhas do Metrô e da CPTM e Qualidade do Ar, por exemplo.

"Realize seu atendimento pela internet. Se não for possível, você será direcionado para o agendamento", orienta a página do programa. O diretor da Prodesp, Murilo Macedo, reiterou que os serviços presenciais são apenas para solicitações urgentes, como RGs que precisam estar atualizados para abertura de contas em banco ou cadastros de emprego, por exemplo. Caso contrário, "o cidadao pode aguardar a retomada de forma mais intensa no pós-pandemia", ressaltou macedo.

Como fazer o agendamento?

Para evitar aglomerações, uma grade para o agendamento de data e horário foi desenvolvida, exclusivamente para serviços que não podem ser realizados de forma remota. A reabertura, neste momento, será com 30% da capacidade de atendimento de cada unidade.

Para marcar dia e horário para ser atendido, além de consultar informações, endereços e horários de funcionamento dos postos, o cidadão pode acessar o portal do Poupatempo ou baixar o aplicativo Poupatempo Digital. 

O aplicativo apresentou certa instabilidade nas últimas 24 horas devido à alta demanda de solicitações. "De ontem para hoje, nós recebemos 528 mil tentativas de atendimento e abrimos 3 mil vagas. É lógico que o sistema passa pelo processo de instabilidade. Nós ainda estamos abrindo a agenda", explicou Macedo.

Cronograma de reabertura 

As primeiras unidades a serem reabertas nesta quarta-feira (19) serão Sé e Itaquera (capital), Mogi das Cruzes e Mauá São Bernardo do Campo (Grande São Paulo), Santos e Guarujá (Baixada Santista), e Bauru (interior).

O anúncio dos próximos postos que reabrirão será feito semanalmente, até o final de setembro, e a grade de agendamento estará disponível sempre um dia antes da abertura. 

Confira o cronograma

  • 19/08 - Sé (capital), Itaquera (capital), São Bernardo do Campo, Mauá, Mogi das Cruzes, Santos, Guarujá, Bauru
  • 26/08 - Lapa (capital), Santo Amaro (capital), Cidade Ademar (capital), Guarulhos, Suzano, Caraguatatuba, Campinas Shopping, Sorocaba, Araraquara, São Carlos, São Vicente, Praia Grande
  • 02/09 - Santo André, Osasco, Taboão da Serra, Diadema, Carapicuíba, São José do Rio Preto, Catanduva, Fernandópolis, Barretos, Caieiras, Cotia, Indaiatuba
  • 10/09 - Itaquaquecetuba, Piracicaba, Franca, Americana, Rio Claro, Marília, Presidente Prudente, Bragança Paulista, Mogi Guaçu, São João da Boa Vista, Araras, Sertãozinho
  • 16/09 - Guaratinguetá, Ourinhos, Tatuí, Jahu, Itu, São José dos Campos, Ribeirão Preto, Taubaté, Limeira, Araçatuba, Jundiaí
  • 23/09 - Lençóis Paulista, Jales, Aguaí, Salto, Pindamonhangaba, Votuporanga, Jacareí, Bebedouro, Botucatu, Birigui
  • 30/09 - Penápolis, Andradina, Avaré, Assis, Itapetininga, Itapeva, Registro, Dracena, Tupã, Lins
  • 14/10 (data em negociação com os municípios) - Hortolândia, Santa Bárbara D’Oeste, São Caetano do Sul, Sumaré, Franco da Rocha
  • 28/10 (data em negociação com os municípios) - Barueri, Itapevi, Atibaia, Valinhos, Embú das Artes, Itatinga, Porto Ferreira, São Sebastião

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.