Postos do Detran sem data para funcionar

Atraso na abertura de unidades nos Shoppings Aricanduva e Interlagos já é de quatro meses. Previsão era de que serviços começassem em janeiro

Bruno Ribeiro, O Estado de S.Paulo

22 de maio de 2010 | 00h00

O início do funcionamento de mais dois postos do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) está atrasado em quatro meses. As unidades no Shopping Aricanduva, na zona leste, e no Shopping Interlagos, na zona sul, fazem parte dos planos do órgão de descentralização dos serviços.

Uma "faxina" nos contratos assinados antes do início da atual gestão é apontada pelo órgão como a causa para o atraso. Em agosto do ano passado, quando detalhava os planos do projeto que resultou na desativação do antigo prédio do órgão, no Ibirapuera, na zona sul, o Detran disse que entregaria as duas novas unidades entre novembro e dezembro do mesmo ano. Em setembro, a previsão foi alterada para janeiro de 2010.

Segundo o Detran, quando prontos, os dois postos vão oferecer todos os serviços realizados pelo órgão, que hoje atende em um prédio na Avenida do Estado, ao lado da Estação Armênia do Metrô, e na Rua Boa Vista.

A reportagem foi, na tarde de ontem, até os novos locais prometidos. No posto de Interlagos, ao lado da entrada de um hotel Ibis, já há o logotipo do Detran e, de fora, o local aparenta estar pronto. Seguranças que trabalham no prédio disseram não saber a data de inauguração.

No Shopping Aricanduva, um serviço já é oferecido, bem antes dos planos de descentralização: a lacração de veículos, com um guichê que cuida da documentação dos emplacamentos.

Sem data. O Detran disse que prefere não definir a nova data de inauguração dos postos. Diz que a unidade de Interlagos deve começar a funcionar nos próximos dois meses e a de Aricanduva, até o fim do ano.

O Detran afirma que, quando o atual diretor, Carlos José Paschoal de Toledo, assumiu o cargo, em novembro, determinou uma auditoria em todos os contratos do órgão - o que incluiu os acordos para construção das unidades e o aluguel com os shoppings. Isso teria causado os atrasos. O antecessor de Toledo foi afastado após denúncias de corrupção.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.