Postes ganham proteção no Rodoanel

O Trecho Sul do Rodoanel já conta com proteção para a rede de postes de iluminação desde maio. O item é obrigatório segundo a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), pois diminui a chance de mortes.

Márcio Pinho, O Estado de S.Paulo

30 de junho de 2011 | 00h00

Os 61,4 km do Trecho Sul haviam sido inaugurados em abril de 2010 sem esse sistema de proteção. Meses depois, em outubro, a empresa estadual Desenvolvimento Rodoviário S.A. (Dersa) lançou a licitação para a criação das defensas metálicas. A falta dos itens foi noticiada pelo Estado dias depois.

Em maio foi concluída a instalação. Foi preciso colocar a proteção em 33,9 km dos 61,4 km do Trecho Sul. Foram colocadas barreiras para proteção de postes de iluminação e câmeras de monitoramento, obstáculos físicos como pórticos, placas, pilares de viadutos e aproximação de pontes e viadutos, entre outros.

Segundo especialistas em segurança no trânsito, as barreiras são fundamentais nas rodovias e devem ser instaladas quando houver qualquer item que coloque motoristas em perigo - taludes, precipícios, árvores e postes.

O conceito é que as vias devem "perdoar" erros dos motoristas e estar adaptadas para minimizar riscos, ainda que, segundo o governo, a maior parte dos acidentes acontece por causa de fatores que independem dos elementos de segurança.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.