Fabio Motta
Fabio Motta

Pós-Natal no Rio é de praia cheia, com sensação de 44,9°C

No Sul, calor foi ainda mais sentido, enquanto SP sofre com baixa umidade

O Estado de S.Paulo

27 Dezembro 2016 | 00h42

A última segunda-feira do ano no Rio teve céu limpo, sol forte, mar de tons caribenhos e praias cheias. De acordo com o Alerta Rio, a sensação térmica registrada na Barra da Tijuca, na zona oeste, chegou a 44,9°C, com temperatura real de 37,1°C.

Cariocas e turistas aproveitaram o mar limpo e com poucas ondas em Ipanema e no Leblon. Em Copacabana, na frente do Hotel Copacabana Palace, operários já montavam o palco do réveillon. Lá serão realizados os shows da virada, sendo a principal atração O Grande Encontro, de Elba Ramalho, Alceu Valença e Geraldo Azevedo. 

Segundo Marcelo Pinheiro, da empresa Climatempo, o calor aumentará hoje, com as temperaturas se aproximando dos 40°C. O dia terá sol, com poucas chances de chuva à tarde.

Sensação de 50°C. O Sul do Brasil teve calor intenso ontem, em especial nas cidades da região metropolitana de Porto Alegre e nas do sul de Santa Catarina. No aeroporto da capital gaúcha, o calor foi de 38°C. No aeroporto de Criciúma (SC), a temperatura chegou a 37°C, com uma sensação térmica de 50°C. 

Curitiba bateu ontem o recorde de calor no ano: 33,2°C. Hoje, a previsão para Florianópolis é de 38°C – caso confirmada, será o recorde de calor na cidade desde 12 de janeiro de 2015.

São Paulo. Já São Paulo teve dia de sol forte e calor intenso, com temperaturas médias de 34°C, de acordo com o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), da Prefeitura paulistana. A umidade se manteve baixa para esta época do ano na capital paulista, oscilando em torno dos 34%. Com a baixa umidade, a sensação térmica não foi diferente da temperatura real, segundo Pinheiro.

Hoje, a região metropolitana de São Paulo terá novamente sol forte e calor, mas no decorrer da tarde haverá aumento de nuvens, com potencial para chuva forte, porém isolada. A previsão da Climatempo é de que as temperaturas variem entre 21°C e 34°C. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.