Portas falham no 1º dia útil do Metrô Vila Prudente

Com 7,4 mil passageiros transportados em 6h30 de operação, a Estação Vila Prudente, da Linha 2-Verde do Metrô, na zona leste, começou a funcionar ontem após ter sido inaugurada no sábado. O deslumbramento dos usuários ante a nova parada impediu que um problema técnico fosse detectado: as portas dos trens não estavam alinhadas às portas das plataformas.

Bruno Ribeiro, O Estado de S.Paulo

24 de agosto de 2010 | 00h00

A operação é "assistida" - só funciona fora do horário de pico (9h30 às 15h), de segunda a sexta-feira. Em compensação, não há cobrança de tarifa (R$ 2,65). Operações assim são comuns quando uma estação é entregue. O Metrô não tem prazo para abrir a estação em horário comercial. Até lá, passageiros têm de descer na estação seguinte, Sacomã, e pagar passagem caso queiram prosseguir viagem.

Ontem, pelo menos cem pessoas se aglomeraram nas duas entradas da estação para embarcar às 9h30, quando o local começou a funcionar. "Levava quase uma hora, agora devo levar uns 20 minutos", comemorava a auxiliar Sônia Almeida, de 38 anos.

O Metrô foi questionado sobre o problema nas portas, mas enviou nota sem citar a falha.

Expansão

A Estação Tamanduateí deve ser inaugurada nas próximas semanas. Com ela, o Metrô terá outra integração com a Linha 10-Turquesa da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.