Portador de Down fica 10 dias perdido na cidade de SP

Ele partiu de Sorocaba escondido no banheiro de um ônibus, para conhecer o Corinthians

José Maria Tomazela, da Agência Estado,

08 de fevereiro de 2008 | 20h01

Maico Alexandro Martins, de 18 anos, portador da síndrome de Down que estava desaparecido desde o dia 28, voltou para casa, em Araçoiaba da Serra, região de Sorocaba, depois de vagar durante 10 dias pela cidade de São Paulo. Ele tinha saído para ir ao supermercado e não voltou.   De acordo com os familiares, Maico estava sem dinheiro e não portava os documentos. Mesmo assim, tomou um ônibus até Sorocaba e dirigiu-se à estação rodoviária. Ali, aproveitou uma distração do motorista para entrar num ônibus que tinha como destino a capital.     Ele viajou escondido no banheiro e chegou a dormir na viagem.   Nesta sexta-feira, 8, Maico revelou ao pai que pretendia conhecer o Corinthians, o time do seu coração. Também era sua intenção visitar o apresentador de um programa popular de televisão. Maico desceu no terminal rodoviário da Barra Funda e, como não conhecia nada, vagou pela cidade. Ele contou ter dormido algumas noites em bancos de uma praça, até ser recolhido por policiais militares que o levaram a um hospital.    Sem notícias, a família iniciou uma campanha na tentativa de encontrar Maico. Cartazes foram impressos e distribuídos pela cidade. Maico foi localizado depois que seu pai, o aposentado Abel Martins, entrou em contato com a Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP). Um policial informou que tinha sido recolhida nas ruas uma pessoa com as mesmas características.   Os pais fizeram uma festa pelo retorno do filho.

Tudo o que sabemos sobre:
síndrome de downsorocaba

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.