Por telefone, Detran só informa com precisão o que já está no site

Atendentes se complicam quando pergunta ''sai do roteiro''; secretário promete aprimorar serviço

Cida Alves, O Estado de S.Paulo

04 de agosto de 2011 | 00h00

ESPECIAL PARA O ESTADO

Conseguir informações fáceis sobre serviços do Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran-SP) pelo telefone especial do órgão é fácil. Difícil é quando os dados não estão no roteiro dos atendentes. O Estado testou o serviço, em fase experimental há quase duas semanas, e constatou que as perguntas que vão além da informação que está no próprio site da entidade geram respostas imprecisas dos atendentes.

Em uma das chamadas, por exemplo, a atendente se confundiu duas vezes ao passar dados sobre transferência de veículo. Em outras duas, foi pedida orientação sobre a segunda via de multa e de placa. O tempo de atendimento caiu pela metade e as respostas foram mais precisas. Os dois procedimentos estão detalhados no site e as informações repassadas aos usuários são as mesmas. Nas ligações sobre recurso de multa, a atendente não soube dizer onde o motorista pode conseguir um modelo de requerimento, documento que está disponível na internet.

O secretário de Gestão Pública, Julio Semeghini, disse que estão sendo registrados o tempo de atendimento e o número de dúvidas solucionadas. "O que não foi respondido está registrado e será melhorado", promete.

O novo Detran-SP também pretende descentralizar atendimentos e, até o fim do ano, oferecer mais de dez serviços pelo site, reduzindo em 258,3 mil o número de atendimentos presenciais.

Atualmente já é possível solicitar pela internet a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) definitiva, segunda via do documento e licenciamento, além da permissão internacional para dirigir. O governo não adiantou que outros serviços estariam em estudo.

Fraudes. Nos últimos anos, denúncias de fraude no Detran-SP se tornaram frequentes. Em novembro, por exemplo, o Ministério Público denunciou 22 pessoas por fraudar licitação e execução de emplacamento de veículos. A estimativa é que o esquema tenha causado um prejuízo de até R$ 40 milhões.

Serviço

DISQUE DETRAN-SP. TEL.: (11) 3322-3333. DE SEGUNDA A SEXTA-FEIRA, DAS 7H ÀS 20H; AOS SÁBADOS, DAS 6H30 ÀS 15 H.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.