Assistente de produção gráfica, Cleiton Gonçalves, de 26 anos, estava se abrigando havia duas semanas no viaduto. Ele conta ter sido abordado algumas vezes por guardas e policiais, até com violência, e disse estar perdido. "Por que não posso ficar sentado na calçada? Só porque estou sujo desse jeito ao lado da Avenida Paulista?" /J.D.

25 Outubro 2012 | 03h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.