Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE
Por falta d'água, Estação Brás fecha banheiros

Por falta d'água, Estação Brás fecha banheiros

Placa colocada na frente dos sanitários masculino e feminino da parada indicava que funcionamento do serviço era ‘parcial’

Caio do Valle, O Estado de S. Paulo

16 de outubro de 2014 | 03h00

SÃO PAULO - Também tem faltado água na rede de transportes sobre trilhos da cidade de São Paulo. Na manhã desta quarta-feira, 15, a reportagem do Estado percorreu 11 estações do Metrô e apurou que ao menos no Brás - parada compartilhada com a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) -, na região central da cidade, faltou água.

Uma placa colocada na frente dos sanitários masculino e feminino da estação, no piso térreo, perto da entrada pelo Largo da Concórdia, indicava que o funcionamento dos banheiros ocorria de forma “parcial”, em decorrência de “falha na rede de distribuição”.

Um funcionário afirmou que o problema atingia principalmente o sanitário feminino, na porta do qual formava-se uma grande fila.

“É terrível essa situação. Uma estação tão grande assim ficar sem um banheiro disponível?”, disse a auxiliar de limpeza Miriam Severina da Silva, de 51 anos. “Vou ter de procurar um banheiro na rua.” Ela contou que na cidade onde mora, Guarulhos, na Grande São Paulo, já enfrenta falta d’água em casa há dias. “Depois das 13h, quase não chega nada, por isso a gente tem de armazenar em baldes.”

Por meio de nota enviada ainda de manhã, o Metrô informou que “todos os sanitários públicos das estações metroviárias estão abertos e funcionando”. A empresa, que, assim como a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), é gerenciada pelo governo do Estado, não comentou a situação da Estação Brás.

A reportagem do Estado também esteve nos terminais rodoviários do Jabaquara, na zona sul, e do Tietê, na zona norte. O abastecimento de água nesses dois pontos era normal, de acordo com os funcionários. 

Tudo o que sabemos sobre:
MetrôCPTM

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.