Amanda Perobelli/Estadão
Amanda Perobelli/Estadão

Por coronavírus, prefeitura de Guarulhos sugere fechar Aeroporto de Guarulhos

Para o prefeito, o terminal deveria funcionar de forma limitada, com 'ressalvas de caráter médico e sanitário, como o transporte e abastecimento de remédios e transplantes, entre outras ações que não podem sofrer interrupções'

Cláudio Vieira e Rafael Moraes Moura, O Estado de S.Paulo

19 de março de 2020 | 23h10

SÃO PAULO E BRASÍLIA - O prefeito de Guarulhos, Gustavo Henric Costa (PSB), solicitou nesta quinta-feira, 19, ao governo federal a tomada de medidas sanitárias no Aeroporto Internacional de São Paulo, em Cumbica, e recomendou o fechamento imediato do terminal para passageiros. 

O Estado revelou nesta quinta-feira que nos aeroportos internacionais de Brasília e Guarulhos, por onde passam diariamente 165 mil pessoas, não têm sido feita triagem ou sequer verificação mais cuidadosa da situação dos passageiros que chegam de países afetados pela covid-19.

Para o prefeito, o terminal deveria funcionar de forma limitada, com “ressalvas de caráter médico e sanitário, como o transporte e abastecimento de remédios e transplantes, entre outras ações que não podem sofrer interrupções”. A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) destacou que “cabe à União determinar o fechamento de aeroportos” e a Infraero não se manifestou.

A Secretaria de Saúde de Guarulhos informou que o número de casos suspeitos de covid-19 na cidade subiu de 181 para 249 nesta quinta-feira e há quatro casos confirmados.

Receba no seu email as principais notícias do dia sobre o coronavírus

Para Entender

Coronavírus: veja o que já se sabe sobre a doença

Doença está deixando vítimas na Ásia e já foi diagnosticada em outros continentes; Organização Mundial da Saúde está em alerta para evitar epidemia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.