Por ciúmes, índio tenta matar tio a flechada

A Justiça do Distrito Federal decretou a prisão preventiva do índio Galvino Guajajara, que tentou matar a flechada o tio, João Guajajara. O crime aconteceu sábado, no acampamento Tekohaw, em Brasília. Segundo a polícia, João confessou ter feito sexo com a mulher do sobrinho e ofereceu-lhe a própria esposa como compensação. Galvino então deu uma paulada no tio e disparou a flechada. João está fora de perigo.

O Estado de S.Paulo

03 Outubro 2012 | 03h04

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.