Por causa de falhas no Metrô, ônibus operam com frota do horário de pico

Geralmente depois das 21h, a frota diminui; Paese não foi acionado porque Metrô não pediu

Mônica Reolom, O Estado de S. Paulo

04 Fevereiro 2014 | 22h44

SÃO PAULO - Por causa dos problemas que causaram a interrupção na circulação de trens da Linha 3 - Vermelha do Metrô nesta terça-feira, 4, a São Paulo Transporte (SPTrans) afirmou que, às 22 horas, os ônibus continuavam atendendo com a frota usada em horário de pico. Geralmente, depois das 21 horas, o número de veículos diminui e atua no chamado "entrepico", com redução dos coletivos.

A SPTrans também informou que o Plano de Apoio entre Empresas em Situação de Emergência (Paese) não foi acionado porque o Metrô não pediu. Para que seja implementado, é necessário que o modal faça a solicitação.

Caos. A Linha 3 - Vermelha do Metrô foi fechada no início da noite desta terça-feira, 4, e permanece parada entre as estações Sé e Barra Funda. O problema de circulação começou à tarde, depois do acionamento de botões de emergência. Usuários resolveram sair pelas passarelas de emergência e alguns caminharam sobre os trilhos.

Mais conteúdo sobre:
pane metrô Linha Vermelha ônibus

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.