Por causa das chuvas, São Paulo entra em estado de atenção para alagamentos

Às 21h, a cidade tinha quatro pontos de alagamento transitáveis: três na zona sul e um na zona oeste

O Estado de S. Paulo

14 de janeiro de 2014 | 21h08

Atualizado às 23h10

São Paulo permaneceu em estado de atenção para alagamentos das 20h10 desta terça-feira, 14 até as 22h20, por cerca de duas horas. De acordo com o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), a cidade tinha quatro pontos de alagamento transitáveis às 21h: três na zona sul e um na zona oeste.

Os municípios entre Pirapora do Bom Jesus e Osasco e São Bernardo e Diadema também apresentavam precipitações fortes às 20h30.

Previsão. Uma área de baixa pressão atmosférica migra do sul do País em direção ao Sudeste nos próximos dias, e aumenta a quantidade de nuvens, inibindo assim a elevação das temperaturas. As condições de chuva se mantém e devem ocorrer com intensidade moderada a forte, concentradas entre a tarde e a noite.

Na quarta-feira, 15, o dia deve amanhecer com sol entre nuvens e termômetros por volta dos 20ºC. O predomínio de sol favorece a elevação das temperaturas, com máxima prevista de 32ºC. No final da tarde retornam as chuvas na forma de pancadas na Grande São Paulo, mantendo as características dos últimos dias. A precipitação deve ocorrer com moderada a forte intensidade, com descargas atmosféricas, rajadas de vento e eventual queda de granizo. O risco para a formação de alagamentos permanece elevado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.