Herton Escobar/AE
Herton Escobar/AE

População de Osasco ateia fogo em Ônibus

Três veículos foram incendiados em protesto contra o assassinato de um menino do bairro Jardim Elvira durante a madrugada

Herton Escobar, O Estado de S. Paulo

16 de agosto de 2013 | 21h41

(Atualizada às 22h) Três ônibus foram queimados ontem em Osasco, na comunidde Jardim Elvira, em protesto contra o assassinato de um jovem durante a madrugada. Um veículo foi queimado pela manhã e outros dois, no início da noite, em meio a uma manifestação que reuniu cerca de 300 pessoas, segundo a Polícia Militar.

Moradores contam que o rapaz, um menor de idade, foi morto com um tiro na boca por volta das 5h30, quando saía para trabalhar. Há acusações de que ele teria sido executado por policiais.

Um dos ônibus foi incendiado por volta das 19 horas na altura do número 2100 da Rua Presidente Médici. O outro, na Avenida Ônix. A carcaça de um carro abandonado também foi queimada.

Segundo a PM, oito pessoas entraram no veículo da Rua Presidente Médici, pediram para que os passageiros descessem e depois atearam fogo. Às 21 horas o incêndio já havia sido apagado pelo Corpo de Bombeiros e os manifestantes, dispersados pela presença da PM. Não houve confronto nem feridos. Ninguém foi preso.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.