Pontos de alagamento e trânsito acima da média

Às 9 horas, cidade registra 113 km de lentidão e oito pontos de alagamento

Elvis Pereira, do estadao.com.br,

16 de julho de 2007 | 09h24

A forte chuva em São Paulo complicava o trânsito na manhã desta segunda-feira, 16, e fez com que o Centro de Gerenciamento de Emergência (CGE) da Prefeitura colocasse a cidade em estado de atenção. Às 9 horas, a cidade tinha 113 km de lentidão, sendo que a média para o horário é de 82 km, segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET).   A cidade tinha oito pontos de alagamento, sendo dois intransitáveis, e a Marginal do Pinheiros registrava o pior ponto de lentidão da capital, com 9,4 km da Rodovia Castelo Branco até a Ponte Cidade Jardim, no sentido Interlagos.   O corredor norte-sul - formado pelas avenidas 23 de Maio, Rubem Berta e Moreira Guimarães - registrava mais 6,4 km de lentidão, entre os viadutos João Julião da Costa Aguiar e Beneficência Portuguesa, no sentido Santana.   O motorista que percorria a Radial Leste enfrentava 4,3 de trânsito ruim, a partir do Viaduto Pires do Rio até a Rua Wandenkolk, no sentido centro. Na Avenida dos Bandeirantes, no sentido Marginal do Pinheiros, havia 4,2 km de lentidão, do Viaduto Arapuã até a Rua Daijiro Matsuda.   Os trens do Metrô circulavam com restrição de velocidade por conta da chuva nas quatro linhas que cortam São Paulo (1 - Azul, 2 - Verde, 3 - Vermelha e 5 - Lilás). As operações da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) seguiam normais.

Mais conteúdo sobre:
trânsito em São Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.