Policial militar suspeito de estupro é preso em São Paulo

Ele teria combinado encontro com duas mulheres, entre elas uma menor, e foi atingido por uma bala

Solange Spigliatti, do estadao.com.br,

16 de setembro de 2008 | 12h43

O policial militar Oswaldo José da Trindade, de 51 anos, foi preso em flagrante na tarde desta segunda-feira, 15, acusado de praticar estupro, corrupção de menor, seqüestro e cárcere privado. O policial havia combinado com uma garota de programa, de 27 anos, e uma menor, de 14 anos, de irem a um motel, segundo informações da Secretaria de Segurança Pública (SSP). De acordo com a SSP, teria ficado acertado que a menor apenas ficaria olhando e receberia R$ 50. Ao chegarem ao motel, o policial trancou a mulher no banheiro e obrigou a menor a ter relações sexuais com ele, coagindo-a com uma pistola calibre 380. A mulher mais velha conseguiu se soltar, pegou a arma do PM e disparou, acertando o homem nas nádegas. As duas fugiram e correram até uma borracharia próxima dali e chamaram a polícia. Quando os policiais chegaram, as duas estavam muito alteradas e a mulher se recusou a entregar a arma, afirmando que os policiais eram amigos do suspeito. Após negociações com um coronel, as duas explicaram o que havia acontecido.  Segundo a SSP, o policial foi levado para o Hospital de Sapopemba, e de lá levado para o Hospital Militar, onde passaria por uma cirurgia para a retirada de uma bala que ficou alojado. A mulher e a adolescente foram levadas para o pronto-socorro do Hospital Vila Alpina, onde foram medicadas.

Tudo o que sabemos sobre:
pm preso

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.