Policial mata juiz em briga de trânsito

SALVADOR

, O Estado de S.Paulo

12 de julho de 2010 | 00h00

O juiz Carlos Alessandro Pitágoras Ribeiro, de 38 anos, substituto da Comarca de Camamu, no sul da Bahia, foi morto por um policial militar em serviço após se envolver em uma briga de trânsito perto de um shopping em Salvador. Em depoimento, Daniel dos Santos Soares, lotado na 35.ª Companhia Independente da PM, afirmou que teve o carro fechado pelo do juiz, que teria descido do veículo com uma pistola 9 mm em punho. Soares alegou que atirou na clavícula do juiz para detê-lo, mas ele continuou a andar em sua direção, sendo baleado no abdômen. Testemunhas confirmaram o relato. O PM responderá ao inquérito em liberdade. Ribeiro foi enterrado ontem.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.