Policial fica gravemente ferido durante perseguição na Av. Cruzeiro do Sul, em Osasco

Agente da PM sofreu traumatismo craniano após cair da moto

Ludimila Honorato, O Estado de S.Paulo

25 Maio 2017 | 20h15
Atualizado 26 Maio 2017 | 19h45

SÃO PAULO - Um soldado da Polícia Militar caiu da moto e sofreu traumatismo craniano durante uma perseguição no fim da tarde desta quinta-feira, 25. O acidente ocorreu na Avenida Cruzeiro do Sul, no bairro Rochdale, em Osasco, Região Metropolitana de São Paulo.

De acordo com a PM, o agente deu ordem de parada a uma moto, mas o condutor não obedeceu e fugiu. Ao iniciar perseguição, o policial desviou de um senhor que atravessava a rua, se desequilibrou e caiu.

Ele foi atendido por um helicóptero Águia da Polícia Militar e conduzido ao Hospital das Clínicas, onde está internado na UTI. O estado de saúde dele é grave, mas estável.

O soldado, cuja identidade não foi informada, tem 21 anos e atua na Ronda Ostensiva Com Apoio de Motocicletas (Rocam). Ele é do 42º Batalhão de Polícia Militar Metropolitana e está há três anos na corporação.

Mande sua notícia - Quais problemas você enfrenta no trânsito e no caminho para o trabalho? O metrô parou? Viu uma manifestação na cidade? Presenciou um acidente ou algo inusitado? Fotografou ou filmou um fato e quer compartilhar? Os usuários de WhatsApp podem agora usar o aplicativo para colaborar com o Estado. Envie vídeos, fotos ou apenas o seu relato ou ideia de pauta pelo número (11) 9-7069-8639. Suas sugestões serão apuradas por um repórter e podem ajudar as pessoas. Participe.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.