Policial e suspeito morrem durante perseguição em Tietê

Dentro de viatura, soldado foi baleado na cabeça e não resistiu aos ferimentos; já o assaltante morreu ao fugir de moto por rodovia

José Maria Tomazela, O Estado de S. Paulo

23 Junho 2015 | 09h15

SOROCABA - O soldado da Polícia Militar Leandro Casemiro morreu na madrugada desta terça-feira, 23, depois de ter sido baleado na cabeça durante uma perseguição a supostos assaltantes, em Tietê, região de Sorocaba, no interior de São Paulo. Um suspeito também foi baleado e morto pelos policiais.

A viatura em que estava Casemiro foi informada de um assalto a um bar, na noite de segunda-feira, 22, no bairro Nossa Senhora de Fátima, e tentou interceptar os três bandidos, que estavam em duas motos, no km 163 da Rodovia Marechal Rondon.

Uma das motos furou o cerco. A outra, em que estavam dois suspeitos, foi bloqueada e houve troca de tiros. O policial foi atingido por uma bala dentro da viatura. Levado de ambulância à Santa Casa de Tietê, ele foi transferido para o Hospital Regional de Sorocaba, mas não resistiu.

O suspeito baleado morreu na beira da rodovia. O outro entrou no mato. Um helicóptero da Polícia Militar foi usado nas buscas, mas o fugitivo não foi localizado. O corpo do policial foi levado para Laranjal Paulista, cidade onde morava.

Mais conteúdo sobre:
Tietê São Paulo Violência

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.