Policial de UPP mata modelo em bar no Méier

O modelo e promotor de eventos Rodrigo Paulo Neves Cardoso, de 29 anos, foi morto após discutir com um PM em um bar no Méier, zona norte do Rio, na madrugada de ontem. Durante luta corporal, o policial André Felipe Rebello, de 22 anos, que estava de folga, sacou a arma e acabou atirando. Atingido no peito, a vítima morreu no local. Rebello foi preso em flagrante e liberado após prestar depoimento. Ele trabalha na Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) dos Morros do Adeus e da Baiana, no Complexo do Alemão.

O Estado de S.Paulo

08 de fevereiro de 2013 | 02h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.