Policial civil é morto em bar em São Bernardo do Campo

Investigador levou sete tiros, inclusive no rosto, após ser revistado por assaltantes

Ricardo Valota, do estadão.com.br,

04 de junho de 2008 | 02h28

O policial civil Luiz Gonzaga Marques, 46 anos, chefe dos investigadores do 03º Distrito de São Bernardo do Campo, foi morto por volta das 19 horas de terça-feira, 3, no interior de um bar localizado na Rua Francisco Rebello, no bairro Demarchi, em São Bernardo. Ao entrar no estabelecimento comercial, o policial foi surpreendido por dois bandidos que realizavam um assalto. A dupla rendeu Marques, que foi revistado. Ao descobrirem que o suposto cliente era um policial, os bandidos atiraram sete vezes contra a vítima, inclusive contra o rosto do investigador. Após matar o policial, os bandidos fugiram no carro de Luiz. Horas depois, o veículo foi encontrado abandonado no bairro Terra Nova II, na mesma região. Os assassinos seguem foragidos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.