Policial civil é morto com tiro na nuca no Grajaú

Pedestres encontraram ele no chão sem a sua arma que costumava portar

Bruno Lupion, do estadão.com.br

21 Março 2011 | 06h07

SÃO PAULO - Um escrivão de polícia de 46 anos foi assassinado com um tiro na nuca por volta da uma hora da madrugada desta segunda-feira, 21, na Estrada do Barro Branco, no Grajaú, zona sul da capital.

José Carlos Gomes era lotado no 101º Distrito Policial, no Jardim das Embuias, e foi encontrado por pedestres caído no chão, sem a arma que costumava portar. Ele chegou a ser socorrido ao Hospital do Grajaú, mas não resistiu ao ferimento e morreu.

O caso foi registrado no 85º Distrito Policial, no Jardim Mirna, pelo delegado Carlos Alberto Schio Filho, e será investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Mais conteúdo sobre:
Grajaú, violência, policial, civil

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.