Policial civil é acusado de matar motoqueiro

Um policial civil de 37 anos é acusado de matar a tiros um motociclista após uma briga de trânsito na noite de anteontem no Jardim Lucélia, zona sul da capital. Na direção de um carro e armado com uma pistola, o investigador discutiu com o motoqueiro e atirou várias vezes contra ele, que morreu no local. Um disparo atingiu o pé do policial, que foi levado ao hospital e está sob escolta. Ele disse que reagiu a assalto, mas testemunhas o desmentiram.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.