Policial bate em 4 veículos e recusa bafômetro

Ele seguia na Paulista, no sentido Consolação, quando atingiu os carros; uma motorista levou 8 pontos. Homem diz que toma remédio controlado

O Estado de S.Paulo

11 de agosto de 2012 | 03h03

Um policial civil provocou um acidente de trânsito envolvendo quatro veículos, na madrugada de ontem, na Avenida Paulista, região do Paraíso, zona sul de São Paulo. O homem teria ingerido bebida alcoólica antes do acidente - ele se recusou a passar pelo teste do bafômetro.

Ao volante de um Honda Civic prata, Antônio Ramirez Júnior, de 56 anos, perito da Polícia Técnico-Científica, havia saído da região da Vila Mariana, bairro vizinho, e seguia em direção à Consolação quando, na altura do número 155 da Avenida Paulista, perto da Praça Oswaldo Cruz, ele bateu contra os quatro veículos.

A motorista de um Clio preto, um dos carros atingidos, uma arquiteta de 33 anos, foi levada para o Pronto-Socorro Vergueiro, onde levou oito pontos em razão de um corte na cabeça. Os outros motoristas não teriam sofrido ferimentos.

Policiais militares chegaram rapidamente ao local do acidente e solicitaram ao perito criminal que se submetesse ao bafômetro, mas ele se recusou.

Alterado, Ramirez, que afirmou usar medicamento controlado, foi encaminhado para o 78.º Distrito Policial, dos Jardins. O delegado plantonista acionou a Corregedoria da Polícia Civil, que assumiu a ocorrência. O policial seria submetido a exame no Instituto Médico-Legal (IML).

Marginal. O trânsito ficou complicado durante a manhã na Marginal do Tietê após um acidente entre um caminhão e quatro carros, próximo da Ponte da Vila Maria. Duas faixas no sentido Castelo Branco chegaram a ser bloqueadas. / RICARDO VALOTA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.