Policiais são acusados de espancar argentinos

A Corregedoria-Geral da PM de Mato Grosso vai investigar a conduta de policiais suspeitos de espancar no sábado passado dois professores argentinos - Luiz Lujan, de 26 anos, e Ignácio Lujan, de 29. Os dois foram acusados de roubar um celular e uma máquina fotográfica em uma casa noturna. Os policiais, cuja identidade não foi divulgada, não estavam trabalhando. Uma das vítimas seria a irmã de um deles. Os argentinos ficaram presos em Cuiabá por três dias e foram soltos após intervenção da embaixada argentina.

O Estado de S.Paulo

06 Abril 2012 | 03h04

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.