Policiais impedem fuga em massa de presas da cadeia de Paulo de Faria (SP)

Detentas já haviam feito um buraco na cela e preparavam-se para escapar

Ricardo Valota, do estadão.com.br,

16 Março 2011 | 02h54

SÃO PAULO - Uma ação rápida de policiais militares e civis impediu, por volta das 22 horas de terça-feira, 15, uma fuga em massa de presas que ocupam a carceragem da Cadeia Pública Feminina da cidade de Paulo de Faria, região de São José do Rio Preto, no extremo norte paulista, na divisa com Minas Gerais.

Ao perceberem uma movimentação estranha em uma das celas, os funcionários da cadeia acionaram policiais militares da 2ª Companhia do 17º Batalhão do Interior (BPM/I), que cercaram a unidade prisional, localizada na esquina da avenida da Saudade com a rua Nove de Julho, no Centro.

As detentas já haviam feito um buraco na cela e preparavam-se para escapar quando a cadeia foi cercada. Durante uma revista nas celas, a polícia localizou diversos celulares e drogas. O ocupante de um carro, abordado pelos PMs no entorno da cadeia, foi detido após confessar que esperava por uma das detentas, à qual serviria de piloto de fuga.

Após a vistoria na carceragem, os policiais realizaram uma recontagem nas celas para se certificar de que ninguém havia escapado.

Mais conteúdo sobre:
fugadetentaspolíciacadeia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.