Policiais federais fazem manifestação em frente à sede regional de SP

Categoria está em greve em todo o País desde terça passada e espera resposta do governo até o fim da semana

13 Agosto 2012 | 11h05

SÃO PAULO - Policiais federais realizam desde as 9h30 desta segunda-feira, 13, uma manifestação em frente ao Departamento de Polícia Federal, na Lapa, zona oeste de São Paulo. A categoria está em greve desde a terça-feira, 7, em todo o País e o Sindicato dos Servidores da Polícia em São Paulo (Sindpolf-SP) utiliza o ato para decidir o horário e o local de uma doação de sangue coletiva, nesta terça-feira, 14.

Depois de uma assembleia realizada na sexta-feira, 10, agentes escrivães e papiloscopistas decidiram manter a paralisação. Os policiais pedem reajuste salarial, remuneração de nível superior para as carreiras, entre outras coisas. O sindicato realiza nova assembleia nesta quinta-feira, 16.

De acordo com a assessoria de imprensa do Sindipolf-SP, não houve avanço nas negociações após reuniões da Fenapef (Federação Nacional dos Policiais Federais) com o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo. O governo federal pretende dar uma resposta aos policiais federais nesta sexta-feira, assim como a mais de 30 categorias do funcionalismo público em greve em todo do País.

Visualizar Greve dos servidores federais em um mapa maior

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.